quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Te Deum : O Hino de Ação de Graças

      Hino de louvor e súplica
     Ao longo dos séculos, em ocasiões de especial relevância - uma insigne vitória ou algum outro grande dom recebido da Providência -, o povo cristão utilizou-se do Te Deum para manifestar aos Céus sua gratidão. A História registra diversos desses momentos.
      Hoje, as comunidades cristãs do mundo todo se reúnem para entoar solenemente este hino a cada 31 de dezembro, por ocasião das Primeiras Vésperas da Solenidade de Maria Santíssima. Sobre este belo costume, o Papa Bento XVI afirma: Deus "fez-Se como nós, para nos fazer como Ele: filhos no Filho, portanto, homens livres da lei do pecado. Não é este porventura um motivo fundamental para elevar a Deus a nossa ação de graças? Uma ação de graças que não pode deixar de ser ainda mais motivada no final de um ano, considerando os numerosos benefícios e a sua assistência constante que pudemos experimentar no arco dos doze meses transcorridos".
       Cântico de arrebatadora beleza, tanto pela admirável evocação da Igreja triunfante e militante, como pela efusiva proclamação dos atributos e benefícios divinos, possui o Te Deum três partes bem características.
     Na primeira, ressalta-se a glorificação da Santíssima Trindade por todos os seres racionais: os Anjos e os Santos prosternam-se em adoração diante desse augusto Mistério. A segunda é uma exaltação de Jesus Cristo, o Verbo Encarnado, o Redentor, que voltará no fim dos tempos como Supremo Juiz para julgar os vivos e os mortos. Por fim, a terceira contém uma veemente súplica: "Fazei-nos ser contados, Senhor Vos suplicamos, em meio a Vossos santos na Vossa eterna glória".
   Aqui termina o hino propriamente dito. O que se segue é um apêndice, composto de versículos extraídos de diversos salmos, acrescentado posteriormente ao texto original.
História
    Por volta do ano 384, sendo Santo Ambrósio Bispo de Milão, Agostinho - então com 30 anos - foi para essa cidade a fim de lecionar retórica. O virtuoso Bispo o acolheu paternalmente. "Tu me conduzias a ele sem que eu o soubesse, para que eu fosse por ele conduzido conscientemente a Ti" - escreveria ele depois, impressionado pela bondade com que Ambrósio o tratava.
   Agostinho prestava atenção no conteúdo dos sermões do grande pregador, porém, o que mais o cativava eram a pessoa e as virtudes do homem de Deus. E depois de algum tempo, segundo ele mesmo declarou, "não me era possível separar as duas coisas: enquanto abria o coração às palavras eloquentes, entrava também, pouco a pouco, a verdade que ele pregava".
    Por fim, de tal forma as palavras do santo Bispo pervadiram sua alma, que ele resolveu abandonar o maniqueísmo e se tornar Católico. Graças às lágrimas e insistentes orações de sua mãe, Santa Mônica, aos ensinamentos e ao exemplo de Santo Ambrósio, chegou enfim o dia em que o futuro Doutor da Graça deixaria de ser mera criatura para tornar-se filho de Deus: foi batizado por Santo Ambrósio na noite do Sábado Santo do ano 386, juntamente com seu filho Adeodato e seu amigo Alípio.
   Segundo a tradição, durante aquela celebração litúrgica, Ambrósio, num arroubo de fervor, quiçá prevendo quanta glória daria à Igreja aquela alma eleita, proclamou em alta voz:
- Te Deum laudamus: te Dominum confitemur (A Vós, ó Deus, louvamos; a Vós, Senhor, cantamos).
      Ao que Agostinho, também ardente de entusiasmo, acrescentou:
- Te æternum Patrem omnis terra veneratur (A Vós, Eterno Pai, adora toda a terra).
    E assim, alternando-se num santo e inspirado diálogo, os dois teriam composto o Te Deum. O antigo Breviário Romano lhe dava o título de Hino de Santo Ambrósio e Santo Agostinho. Depois, a versão promulgada por São Pio X o chama de Hino ambrosiano.
      Em um dos sonhos proféticos de Dom Bosco afirma-se que o Santo Padre em seu retorno ao Vaticano depois da sua expulsão cantará o  Te Deum ...
Fontes: Emílio Portugal Coutinho - 2º Ano de Teologia
             Revista Arautos do Evangelho
Letra original em Latim (Idioma oficial da Igreja Católica)
Te Deum laudámus: te Dóminum confitémur.
Te ætérnum Patrem, omnis terra venerátur.
Tibi omnes ángeli, tibi cæli, et univérsæ potestátes.
Tibi chérubim et séraphim incessábili voce proclámant:
Sanctus, Sanctus, Sanctus Dóminus Deus Sábaoth.
Pleni sunt cæli et terra maiestátis glóriæ tuæ.
Te gloriósus Apostolórum chorus, te prophetárum laudábilis númerus, te mártirum candidátus laudat exércitus.
Te per orbem terrárum sancta confitétur Ecclésia:
Patrem imménsæ maiestátis, venerádum tuum verum et únicum Fílium: Sanctum quoque Paráclitum Spíritum.
Tu rex glóriæ, Christe.
Tu Patris sempitérnus es Fílius.
Tu, ad liberándum susceptúrus hóminem, non horruísti Vírginis uterum.
Tu, devícto mortis acúleo, aperuísti credéntibus regna cælórum.
Tu ad déxteram Dei sedes in glória Patris.
Iudex créderis esse ventúrus.
Te ergo quæsumus, tuis fámulis súbveni, quos pretióso sánguine redemisti.
Ætérna fac cum Sanctis tuis in glória numerári.
Salvum fac pópulum tuum, Dómine, et bénedic hereditáti tuæ.
Et rege eos, et extólle illos usque in ætérnum.
----------------------------------------------------
Letra do Hino Te Deum em Português (a tradução é variável, sendo a oficial a contida no hinário da CNBB)
Nós Vos louvamos, ó Deus,
nós Vos bendizemos, Senhor.
Toda a terra Vos adora,
Pai eterno e omnipotente.
Os Anjos, os Céus
e todas as Potestades,
os Querubins e os Serafins
Vos aclamam sem cessar:
Santo, Santo, Santo,
Senhor Deus do Universo,
o céu e a terra proclamam a vossa glória.
O coro glorioso dos Apóstolos,
a falange venerável dos Profetas,
o exército resplandecente dos Mártires
cantam os vossos louvores.
A santa Igreja anuncia por toda a terra
a glória do vosso nome:
Deus de infinita majestade,
Pai, Filho e Espírito Santo.
Senhor Jesus Cristo, Rei da glória,
Filho do Eterno Pai,
para salvar o homem, tomastes
a condição humana no seio da Virgem Maria.
Vós despedaçastes as cadeias da morte
e abristes as portas do céu.
Vós estais sentado à direita de Deus,
na glória do Pai,
e de novo haveis de vir para julgar
os vivos e os mortos.
Socorrei os vossos servos, Senhor,
que remistes com vosso Sangue precioso;
e recebei-os na luz da glória,
na assembleia dos vossos Santos.
Salvai o vosso povo, Senhor,
e abençoai a vossa herança;
sede o seu pastor e guia através dos tempos
e conduzi-o às fontes da vida eterna.
Nós Vos bendiremos todos os dias da nossa vida
e louvaremos para sempre o vosso nome.
Dignai-Vos, Senhor, neste dia, livrar-nos do pecado.
Tende piedade de nós,
Senhor, tende piedade de nós.
Desça sobre nós a vossa misericórdia,
Porque em Vós esperamos.
Em Vós espero, meu Deus,
não serei confundido eternamente.
Confira abaixo esse belo hino, agradeçamos a Deus todos os dias e louvemos sempre o vosso nome:
Versão em português:

TE DEUM
(P. João Carlos Ribeiro)

Te Deum laudamus (bis)
A ti ó Deus, louvamos.
A ti, Senhor, cantamos: louvor!
A ti, ó Pai eterno,
Se prostra toda Terra: Senhor!

A ti, os anjos cantam,
os céus a ti aclamam: louvor!POVO
Proclamam céus e terra,
a tua glória imensa, Senhor!

Santo (santo), Santo (santo), Santo, Santo, Santo: É o Senhor! Deus dos Exércitos, Deus do combate, Deus da vitória, Deus Sabaoh!

A ti com amor, celebram apóstolos,
profetas, ó Pai! O harmonioso coro
dos mártires te louva, Senhor!A ti,
por toda a terra,
proclama a Santa Igreja, ó Pai!
ó Pai onipotente
de majestade imensa, Senhor!Santo

Ao Filho, adora a Igreja
Deus vivo e verdadeiro, Jesus!
Também dá glória e viva
ao Espírito Divino: Senhor!

O Rei da glória, ó Cristo,
do Pai Eterno, Filho, Jesus,
Da virgem tu nasceste
pra nos salvar vieste, Senhor! Santo

A morte tu sofreste,
a morte tu venceste, Jesus,
Aos que têm fé abrindo
dos céus o eterno reino, Senhor!

Sentaste à direita
de Deus na glória eleito, Jesus!
Nós cremos na tua volta,
Virás julgando o povo, Senhor! Santo

Portanto, te pedimos,
escuta os que remiste, Jesus,
com sangue precioso.
Nos salva, ó Deus bondoso, Senhor!

Alista-nos ó Cristo
entre os teus escolhidos, Jesus!
Cantemos tua vitória
um dia lá na glória, Senhor! Santo

7 comentários:

  1. Olá passando para desejar um abençoado ano novo que Maria nossa Mãe possa nos iluminar e nos ajudar na construção do Reino de Deus, que nossos blogs possam ser luz no mundo tão necessitado de Deus. Abraços dos amigos Rosemary e Anisio.

    ResponderExcluir
  2. Dá gosto de ver um jovem tão dedicado com as coisas de Deus.
    desejo que o Espírito Santo o ilumine e capacite sempre mais e mais.
    Feliz ano novo!

    ResponderExcluir
  3. Oi,passando para desejar um ano novo repleto de paz,amor,saúde e perseverança na missão de evangelizar,feliz ano novo e que deus abençoe,beijos Rosane

    ResponderExcluir
  4. Lindo o seu cantinho, PARABÉNS.
    Quero lhe desejar um maravilhoso e abençoado 2012.
    BJS

    ResponderExcluir
  5. Olá! Que alegria ser seguidor e visitar seu blog. Parabéns teu Blog é muito bom e aconchegante, gostei!Tbm faço parte dos catequistas unidos e a visitarei com frequência.
    Grande abraço na Paz e no Amor de Cristo,

    Reinaldo
    Paróquia São Pedro e São Paulo
    pspedrogpuava.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Amigo, Paz E Bem... Adorei seu blog... cheio do Espírito Santo... Já estou seguindo-o e serei seu visitante assíduo...
    Convido você a visitar o meu: catequistaroberto.blogspot.com
    Um Grande Abraço e fique na Paz de Deus e no Amor de Maria.
    Roberto

    ResponderExcluir